Patrimônio

O Patrimônio Cultural Brasileiro compreende o conjunto de bens materiais e imateriais que atribuem referência à memória e história dos diferentes grupos formadores da sociedade brasileira. Por isso, possuem uma longa abrangência temporal, que engloba desde os vestígios de grupos indígenas pré-coloniais até festas populares contemporâneas.

Entre o Patrimônio Cultural Imaterial estão os saberes e fazeres que um grupo de indivíduos manifesta e preserva em respeito a sua ancestralidade para as gerações futuras, como festejos, técnicas artesanais e manifestações religiosas. Conjuntamente, Patrimônio Cultural Material é toda objetificação destas manifestações, estando diretamente relacionado aos processos históricos e sociais de formação e desenvolvimento de núcleos populacionais e seu entorno. Tais vestígios materiais, que vão desde a arquitetura até peças arqueológicas, devem ser conservados para o conhecimento pelas gerações futuras, e para que possam assim servir como objetos de estudo.

A valorização do Patrimônio Cultural Brasileiro é reconhecida legalmente (Portaria IPHAN 230/2002 e Portaria Interministerial 419), sendo designado os trabalhos de Educação Patrimonial paralelamente as pesquisas arqueológicas. Assim, baseados em conceitos da Arqueologia Pública que preveem “que não há trabalho arqueológico que não implique patrimônio e socialização do patrimônio e do conhecimento” (TAMANINI, 1998), acreditamos na Educação Patrimonial enquanto um processo de construção junto à comunidade, na qual esta se torna parte integrante do trabalho de gestão e preservação do patrimônio.

Fotos Arqueologia

Clique nas fotos para ampliá-las e ler comentários.